www.segundacoluna.com.br

January 25, 2012

Galera, mudamos de endereço.

Acesse:

http://www.segundacoluna.com.br


Manifesto

October 25, 2010

Deixamos aqui em nosso blog o manifesto de não concordância com alguns projetos que se dizem “ambientalistas” que pautaram as eleições no primeiro turno.

Marina Silva (PV)

Não apoiamos nenhum candidato, até por respeito ao livre pensamento dos leitores. Só que, ao identificar a neutralidade da candidata Marina Silva na disputado do Segundo Turno, na qual ela não faz parte, logo repudiamos tal atitude por, além de não engrandeçer a disputa presidencial, a coloca em estado inferior ao que realmente é de seu lugar.

Ao ver a candidata do PV representar nosso ideário de luta ambiental nos vemos em uma enrascada sem tamanho, pois pior representante não teríamos.

Ao fazer a leitura crítica da situação política do país, vemos que a ex-candidata só saiu do Partido dos Trabalhadores pois ficou de “birra” com a sua não escolha para ser a candidata do projeto de esquerda, que hoje é representado por Dilma, e de uma hora pra outra resolveu atacar o projeto ambientalista da situação sendo que ela mesma que o construiu.

Espero que, a política não seja denovo confundida com o ambientalismo. É claro que devemos ter na pauta de nossos presidenciáveis propostas para o meio-ambiente, assim como há propostas para educação, segurança, etc.

Cristovam pautou as eleições de 2006 bom a bandeira da educação

Porém, o ambientalismo, assim como a educaçao, em 2006 representada pelo candidato Cristovam Buarque do PDT, não pode pautar técnicamente e exclusivamente um projeto para o país, pois com ambientalismo somente, um país não vai para a frente, mesmo que hoje, é pauta necessária para qualquer projeto decente.

Fica aqui nossa indignação com a candidatura do PV, partido que não representa nosso projeto e nossos pensamentos, no entando indigno de seu “verde” no nome.

 

 

Mas e agora, pro segunto turno, o que os nossos leitores decidiram sobre as candidaturas de Dilma Roussefe José Serra? Quem devemos apoiar?

Dilma x Serra


Hoje, em Londres.

October 12, 2009

Ambientalistas fazem protesto em telhado do Parlamento britânico.

Cerca de 20 manifestantes subiram no Palácio Westminster, em Londres.
Eles agitaram bandeiras pedindo mudança política em defesa do ambiente.

Da Reuters

Manifestante balança bandeira em defesa do ambiente sobre o telhado do palácio Westminster, em Londres (Foto: Reuters)

Manifestante balança bandeira em defesa do ambiente sobre o telhado do palácio Westminster, em Londres (Foto: Reuters)

Do G1.

Os manifestos sempre acontecerão. Será?


Trabalho, protesto, consciência

September 2, 2009

Manifesto contra aquecimento global, derrete homens de gelo

Cerca de mil esculturas foram feitas por artista brasileira em Berlim.
Expostas sob o sol, elas derreteram em meia hora.

0,,21828443-EX,00

Cerca de mil esculturas de gelo feitas pela artista brasileira Nele Azevedo são expostas nesta quarta (2) em Berlim, na Alemanha, em manifestação da organização WWF (World Wide Fund for Nature) (Foto: Maya Hitij / AP Photo)

0,,21828436-EX,00

Expostas sob o sol, as esculturas derreteram em meia hora simbolizando o efeito do aquecimento global (Foto: Maya Hitij / AP Photo)

São de pequenos gestos que o mundo mudará. Reflita. Pensas assim?


Hora do Planeta

March 28, 2009

February 25, 2009

Informação

Anos de espera, para nada. Após um lançamento que parecia normal, às 6h55 (horário de Brasília), da Base Vanderberg da Força Aérea dos EUA, na Califórnia, ficou constatado que um satélite destinado a medir a presença de carbono na atmosfera terrestre — projeto essencial para seguir investigando os perigos do aquecimento global — não atingiu a órbita.

Indicações preliminares dão conta de que houve falha no lançador, o

018412207-fmmp00

Lançamento do Orbiting Carbon Observatory By NASA

foguete Taurus XL. Aparentemente, um defeito de separação do foguete impediu a chegada do Orbiting Carbon Observatory ao espaço. A espaçonave provavelmente voltou à Terra e caiu no Oceano Pacífico, próximo à Antártida, segundo John Brunschwyler, gerente de programa para o Taurus XL. Um painel de investigação foi criado pela Nasa para determinar a causa da falha no lançamento. Ainda não há previsão de quando — e se — uma réplica da missão voltará a voar. O projeto original custou cerca de US$ 400 milhões.

Tal investimento é tão necessário?


October 18, 2008

Notícias Ambientais

Uma pesquisa feita na Austrália diz que o aumento na temperatura média em apenas 2 graus Celsius poderá ter um efeito devastador para a população de cangurus, ícones da fauna do país.

Os pesquisadores da James Cook University se debruçaram por três anos em observações de campo e usaram modelos de computador, considerando as alterações de temperatura prováveis neste século, para prever o que acontecerá com quatro espécies de cangurus.

Os cangurus podem ser extintos

“Nosso estudo oferece evidências de que as alterações climáticas têm a capacidade de causar impactos de grande escala, bem como a possível extinção de uma espécie da família dos macropodídeos [marsupiais que incluem cangurus, wallabies e wallaroos] no norte da Austrália”, afirmam os autores do estudo, Euan G. Ritchie e Elizabeth E. Bolitho.

Os maiores impactos do aquecimento global não atingirão os cangurus propriamente, mas seus habitats, colocando em risco a disponibilidade de água.

Habitat

De acordo com o estudo, um aumento de apenas 0,5 grau Celsius já será suficiente para diminuir a área onde vivem os cangurus. Se a temperatura média subir 2 graus Celsius, poderá reduzir os campos em quase pela metade, 48%.

Em uma situação ainda mais dramática, um aumento de 6 graus Celsius será capaz de encolher as áreas em 96%. “Isso poderá resultar na fome e inibir a reprodução do animal, além de provocar a morte devido à desidratação das espécies que se movimentam menos entre os habitats”, diz Ritchie.

Será este o futuro de todas as espécies?


E lembrando pessoal. Estamos perto das 10 mil visitas ao site. Na próxima semana já devemos chegar a este número.