Uma dieta à base de plantas previne e age contra doenças cardíacas, hipertensão, diabetes e colesterol alto.

O professor Dr. T. Colim Campbell é médico pela Pennsylvania State University, formado em veterinária, nutrição e bioquímica, também é mestre e PHD pela Cornell University. Sua pesquisa resultou na famosa DIETA À BASE DE PLANTAS.

Juntamente com o professor Dr. John A. McDougall, que é mestre cientista da Michigan State University College of Human Medicine, estudam os efeitos da ingestão profunda de vegetais no corpo humano.

Conforme esse estudo (encontrado em https://www.drmcdougall.com/pdf/dr-mcdougalls-cpb-portuguese.pdf), uma dieta à base de plantas previne obesidade, diabetes, doenças cardíacas, artrite, alguns tipos de câncer. Em muitos casos pode reverter quadros de hipertensão e diabetes.vegetais-em-inglc3aas

Incrivelmente, em apenas 7 dias, você pode esperar perda de peso, redução de 22 mg/dl de colesterol total e redução de 8/4 mmHg de pressão arterial. Obviamente que sempre sob a supervisão e autorização do seu médico, mas em alguns casos até os medicamentos de hipertensão, diabetes tipo 2 podem ser deixados de lado caso sua alimentação siga essas diretrizes.

Relata-se aqui a importância da ingestão liberada e total de vegetais e amidos, entre eles cenoura, beterraba, grão-de-bico, arroz integral, feijão, entre outros.

Em nosso cardápio, para isso, temos a disposição a nossa deliciosa SALADA DE PLANTAS, ela vem com vegetais e legumes do dia acrescidos de grão-de-bico ou feijão-branco, à sua escolha.

Outra importante consideração neste estudo é a informação de que batatas (branca ou doce) podem ser ingeridas sem problemas, principalmente se preparada com pouco ou quase sem nada de óleo. O arroz integral ou multigrãos, panquecas feitas à base de trigo integral, sem óleo, leite ou ovos também são boas refeições. Purê de batata também é liberado.a1fc92eabb6945a34b46c11541dec1e3

Muitos desses produtos estão em nossos pratos do dia, inclusive já tivemos purê de batatas, especiarias contendo batata-doce, arroz integral e sempre muitos vegetais.

As nozes e sementes, presentes no nosso KIT DE SEMENTES, também podem ser ingeridas, no entanto, em apenas algumas porções, uma vez ao dia, pois podem ser calóricas. No nosso kit as quantidades foram adaptadas para o limite de consumo diário.

Nossos sucos e shakes também são ótimas opções.

O professor médico Dr. Caldwell Esselstyn também faz parte dos profissionais da saúde que comprovaram que uma dieta à base de plantas é restauradora para nosso organismo. Em seu documentário “Forks over Knifes” (disponível no Netflix Brasileiro) podemos compreender a necessidade de alcançarmos essa dieta para haver uma melhora significativa em nossa qualidade de vida.

A perspectiva do Dr. Esseslstyn é uma significativa melhor em problemas com colesterol, problemas nas coronárias, artérias.. (disponível em http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/980909-so-dieta-a-base-de-vegetais-reverte-doencas-cardiacas-afirma-medico.shtml)

Conforme sua experiência, o professor informa que para seus pacientes destina um curso de cinco horas, oferecendo uma refeição à base de vegetais. Seu entendimento é que “A revolução vai acontecer quando as pessoas estiverem informadas do ponto de vista nutricional, para evitar comidas que vão fazê-las perecer por uma doença”.

Segundo a publicação, o professor informa que “quase todos” seus pacientes têm melhora. Ele informa que iniciou com 70%, mas agora está em 90%.

“O que torna esse tratamento tão poderoso é que posso mostrar raios-X de artérias do nosso primeiro grupo. Os pacientes perceberam que, se os outros conseguiram, eles também vão”.

O nosso desafio, primeiramente, é conseguir fornecer uma alimentação saudável para você. Quem sabe podemos tentar juntos?

Advertisements

Manifesto

Deixamos aqui em nosso blog o manifesto de não concordância com alguns projetos que se dizem “ambientalistas” que pautaram as eleições no primeiro turno.

Marina Silva (PV)

Não apoiamos nenhum candidato, até por respeito ao livre pensamento dos leitores. Só que, ao identificar a neutralidade da candidata Marina Silva na disputado do Segundo Turno, na qual ela não faz parte, logo repudiamos tal atitude por, além de não engrandeçer a disputa presidencial, a coloca em estado inferior ao que realmente é de seu lugar.

Ao ver a candidata do PV representar nosso ideário de luta ambiental nos vemos em uma enrascada sem tamanho, pois pior representante não teríamos.

Ao fazer a leitura crítica da situação política do país, vemos que a ex-candidata só saiu do Partido dos Trabalhadores pois ficou de “birra” com a sua não escolha para ser a candidata do projeto de esquerda, que hoje é representado por Dilma, e de uma hora pra outra resolveu atacar o projeto ambientalista da situação sendo que ela mesma que o construiu.

Espero que, a política não seja denovo confundida com o ambientalismo. É claro que devemos ter na pauta de nossos presidenciáveis propostas para o meio-ambiente, assim como há propostas para educação, segurança, etc.

Cristovam pautou as eleições de 2006 bom a bandeira da educação

Porém, o ambientalismo, assim como a educaçao, em 2006 representada pelo candidato Cristovam Buarque do PDT, não pode pautar técnicamente e exclusivamente um projeto para o país, pois com ambientalismo somente, um país não vai para a frente, mesmo que hoje, é pauta necessária para qualquer projeto decente.

Fica aqui nossa indignação com a candidatura do PV, partido que não representa nosso projeto e nossos pensamentos, no entando indigno de seu “verde” no nome.

 

 

Mas e agora, pro segunto turno, o que os nossos leitores decidiram sobre as candidaturas de Dilma Roussefe José Serra? Quem devemos apoiar?

Dilma x Serra

Hoje, em Londres.

Ambientalistas fazem protesto em telhado do Parlamento britânico.

Cerca de 20 manifestantes subiram no Palácio Westminster, em Londres.
Eles agitaram bandeiras pedindo mudança política em defesa do ambiente.

Da Reuters

Manifestante balança bandeira em defesa do ambiente sobre o telhado do palácio Westminster, em Londres (Foto: Reuters)
Manifestante balança bandeira em defesa do ambiente sobre o telhado do palácio Westminster, em Londres (Foto: Reuters)

Do G1.

Os manifestos sempre acontecerão. Será?

Trabalho, protesto, consciência

Manifesto contra aquecimento global, derrete homens de gelo

Cerca de mil esculturas foram feitas por artista brasileira em Berlim.
Expostas sob o sol, elas derreteram em meia hora.

0,,21828443-EX,00

Cerca de mil esculturas de gelo feitas pela artista brasileira Nele Azevedo são expostas nesta quarta (2) em Berlim, na Alemanha, em manifestação da organização WWF (World Wide Fund for Nature) (Foto: Maya Hitij / AP Photo)

0,,21828436-EX,00

Expostas sob o sol, as esculturas derreteram em meia hora simbolizando o efeito do aquecimento global (Foto: Maya Hitij / AP Photo)

São de pequenos gestos que o mundo mudará. Reflita. Pensas assim?

Hora do Planeta

Informação

Anos de espera, para nada. Após um lançamento que parecia normal, às 6h55 (horário de Brasília), da Base Vanderberg da Força Aérea dos EUA, na Califórnia, ficou constatado que um satélite destinado a medir a presença de carbono na atmosfera terrestre — projeto essencial para seguir investigando os perigos do aquecimento global — não atingiu a órbita.

Indicações preliminares dão conta de que houve falha no lançador, o

018412207-fmmp00
Lançamento do Orbiting Carbon Observatory By NASA

foguete Taurus XL. Aparentemente, um defeito de separação do foguete impediu a chegada do Orbiting Carbon Observatory ao espaço. A espaçonave provavelmente voltou à Terra e caiu no Oceano Pacífico, próximo à Antártida, segundo John Brunschwyler, gerente de programa para o Taurus XL. Um painel de investigação foi criado pela Nasa para determinar a causa da falha no lançamento. Ainda não há previsão de quando — e se — uma réplica da missão voltará a voar. O projeto original custou cerca de US$ 400 milhões.

Tal investimento é tão necessário?